quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Summer Sun: Meditação para Activação das Sacerdotizas

Chegou a Hora das Sacerdotisas da Atlântida se recordarem e reivindicarem as suas identidades. Chegou a Hora de se tornarem no que fomos há muito tempo... É Hora de cura e de ser UM.

Fui guiada a publicar esta meditação para a ajudar com essa activação.

Gostaria de recomendar que usasse um óleo essencial de rosa (o óleo da rosa búlgara, rosa otomana é melhor) durante esta meditação.

É Hora. Antes havia apenas o Amor, e Amor haverá novamente!

1. Imagine que está na Atlântida. Está agora a entrar nas portas do Templo do Amor ao longo ao longo do corredor. O tecto e as paredes deste corredor são em tons de vermelho. Cheira a rosas vermelhas. A cada passo que dá sente-se mais relaxada e enraizada deixando todas as suas emoções para trás. Sente-se segura aqui e sabe que é amada. Sente que a sua conexão com Gaia aumenta. 


2. Agora, está a descer os degraus do Templo e está numa gruta. Ao descer os degraus começa a ouvir o som da água. Esse som fá-la sentir-se calma.

3. Agora, está de pé numa área de grandes dimensões. À sua direita há uma cascata que enche uma piscina de cor azul-marinho.


A água da piscina transborda para o rio da caverna e percebe que a água tem Luz e que brilha. 


4. Recorda-se dessa água e agora sabe agora que precisa de mergulhar nessa água. Você despe-se e nada até à cascata e toma banho lá. Quando está na água sente que se está a curar de todas as feridas de todas as suas vitdas passadas. A água cura o seu corpo físico. Você sente que a sua força vital se fortalece.

5. Você sai da água e vê uma grande área com um tecto alto. Vê muitos cristais de muitas cores no tecto . 


Vê estátuas de mulheres com asas nas paredes.


6. Recorda-se desse lugar. Memórias profundas começam a imergir e você reconhece que está activada. Sente-se grata por esta experiência e depois deixa este local para regressar novamente.


Fonte: http://isigacagri2015.blogspot.com/2017/11/priestess-activation-meditation.html
Tradução: Rosa de Vénus (arosadevenus@gmail.com)
Revisão: Colaborama